FEDERAÇÃO ASPRODESA PRÉ MILITAR

FEDRAÇÃO ASPRODESA DE CAPELANIA PRÉ MILITAR ESPECIALISADA EM JUIZ DE PAZ JUIZ ARBITRAL (CNPJ: 36.992.266/0001-05

Professores

ADEMAR MARTINS DE ASSUNÇÃO (FASPD. CPRMG.CMTM.CPL.CP ASSUNÇÃO

CAPACITAÇÃO DO SECRETÁRIADO GERAL

PROFESSOR: CPL. CP ASSUNÇÃO 

ANDESON NEVES DA SILVA ( CPMR. CMTR.CEL.CPL.SILVA

PASTOR CAPELÃO ESPECIAlLIZADO EM PSICOLOGÍA DE CIENCIAS HUMANAS

A ATIVIDADES DA CAPELANIA É

Ajudar aos que nos ajudam! Essa é a proposta do projeto da Capelania Pré Militar  Federção Asprodesa. Temos a oportunidade de trabalhar com capelães que oferecem apoio espiritual e encorajamento aos nossos militares.

Nos últimos anos, alcançamos soldados das Forças Armadas, ,  do  Brasil.  Em todo o mundo, foram alcançados mais de 200 mil soldados, bombeiros, policiais, agentes carcerários, oficiais etc .

A META DA FEDERAÇÃO NAS FUNÇOES PRÉ MILITARES, E NOS PREPARATORIOS DA FASPD. CPRM È.

É a atividade especial de um capelão, que  presta assistência religiosa a pessoas que se encontrem em entidades civis e militares de internação coletiva. Ex. Quartéis, Fundação Casa, Abrigos de Menores, Hospitais, Casa de Detenção, Corpo de Bombeiros, etc.

CARLOS ROGRRIO NUNES FASPD.CPRM.CMTE.AV. CPL. TN.NUNES

MECANICO DE AVIAÇÃO E ESTRUTOR DE VOO

                FEDERAÇÃO ASPRODESA DE CAPELANIA PRÉ MILITAR                                                         PREPARATORIO CPRMG DE AVIAÇÃO CIVIL                                                                           FILIHOS DE SANTOS DUMONT

 

VÍDEOS - APOSTILAS - INSTRUTORES - CERTIFICADO 13 MÓDULOS – 120 HORAS

Este curso vai proporcionar a você ter total conhecimento:Introdução; Importância da profissão; Salários e bonificações; Certificados ou diplomas; Ciências aeronáuticas; Aviação; Bacharel; Comandante; Copiloto; Gestor; Indústrias; Companhias; Aeroportos; Comunicação; Segurança do vôo; Supervisão de manutenção; Perícia; Investigação; Preparação do profissional; O futuro da profissão; Empreendedorismo na profissão; Mercado de trabalho; História da profissão; Aumento da produtividade; Perfil do profissional; Engajamento profissional; Principais atribuições; Características do profissional; Montar um currículo; Distribuir o currículo; Habilidades do profissional; Oportunidades; Conseguir reconhecimento; Responsabilidades da profissão; Conseguir destaque; Administração do tempo; Liderança no cargo; Vocação profissional; Plano de ação; Novidades; Inovação; Tecnologia; Segurança no trabalho; Remuneração; Ambiente de trabalho; Equipamentos; Acessórios; Relacionamento interpessoal;Técnicas, procedimentos, metodologia, oportunidades, criatividade.Conheça novidades, equipamentos, acessórios, sincronismo entre profissionais, esquemas que mais dão certo no Brasil, EUA e na Europa, técnicas secretas de profissionais consagrados.Capacitação, especialização, aperfeiçoamento e atualização.

LUIZ CARLOS

GESTÃO DE SEGURAÇA E ESCOTA ARMAD

Código Internacional Q
QAP:
na escuta
QRA:
o prefixo do meu posto é...
QRB:
QRD:
QRF:
Você está regressando ao ... ou
estou regressando ao ...
QRG:
o canal é ...
QRH:
Sua frequência varia
QRI:
Tonalidade dos sinais
5-perfeitamente audível)
QRJ:
Recebo o mal
QRK:
vel; 2-legível por momentos;
tamente legível)
QRL:
Estou ocupado
QRM:
Interferência de outra sessão
QRN:
Interferência de outra sessão
QRO:
Aumente a sua potência
QRP:
Diminua a sua potência
QRQ:
transmita mais rápido
Q
Permaneça na escuta ou estou
Qual o prefixo do seu posto ou
Aque distância está de meu posto ou estou a uma distância de...
ou estou indo de ... e indo para...
Indique-me sua frequência ou
canal, ou minha frequência ou
(1-inaudível; 2-audível por momentos 3-deficiente; 4-audivél;
Legibilidade dos sinais (1-ilegí3-deficiente; 4-legível; 5-perfeiDevo transmitir mais rápido ou
Aonde você vai e de onde vem
QRR:
S.O.S terrestre
QRS:
ou transmita mais devagar
QRT:
ou cesse a transmissão
QRU:
Não tenho mensagem
QRV:
Estou ás suas ordens
QRW:
Estação “X” chama em... kHz
QRX:
Aguarde. Voltarei a chama-lo
QRY:
Quando é a minha vez de
transmitir?
QRZ:
Quem me chama?
QSA:
5-ótima)
QSB:
A intensidade de seus sinais
está variando
QSD:
QSL:
o recebimento
QSJ:
Taxa; Dinheiro
QSK:
Continuarei a transmissão de
todas as mensagens
QSM:
Transmita a última
QSN:
Pode receber-me agora ou
posso recebê-lo agora
QSO:
O horário de abertura de seu
posto (ou meu posto) é...
QSP:
Devo transmitir mais devagar
Devo acessar a transmissão
Intensidade de sinais (1-muito
fraca; 2-fraca; 3-regular; 4-boa;
Entrar em contato com o posto
Acuse o recebimento ou acuso
QST:
Comunicado de interesse
geral
QSU:
Transmitir e escutar em kHz
QSY:
quência ou passe para outra
frequência
QSZ:
Transmita repetindo uma vez
cada palavra
QTA:
Cancelamento de mensagem
QTB:
Concordo com sua contagem
de palavras
QTC:
Mensagem
QTH:
calização) é ...
QTN:
Informar a hora que saiu ou
saí ás... horas
QTO:
Banheiro
QTR:
Hora Extra
QTX:
QUD:
Recebi o seu sinal de urgência
QUF:
Recebi o seu sinal de perigo
Devo passar para outra freQual sua posição (ou localização) ou minha posição (ou loSairei por tempo indeterminado
A Alfa
B Bravo
C Charlie
D Delta
E Echo
F Fox-Trot
G Golf
H Hotel
I India
J Juliet
Fonético:
K Kilo
L Lima
M Mike
N November
O Oscar
P Papa
Q Quebec
R Romeo
S Sierra
T Tango
Retransmissão de mensagem
U Uniforme
V Victor
W Whisky
X Ex-Ray
Y Yankee
Z Zulu

MAXIMIANA ROTTVA. CPRM.CPL.CB ROTTAVA

PRESIDENTE DA SECRETARIA DE SAUDE FASPD

E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará…
—Tiago 5:15

Encontrar-se enfermo não é um momento fácil, contudo com apoio de capelães, amigos, voluntários sociais e familiares milhares de pacientes têm encontrado conforto e esperança. Com isso, o projeto de Capelania Hospitalar de Ministérios FASPD.CPRM tem contribuído para que mais  pessoas em hospitais no Brasil e no exterior, recebam palavras de encorajamento e fortalecimento à sua alma, por meio de nossos recursos bíblicos.

No Brasil, há mais de 150 voluntários sociais trabalhando em mais de 60
hospitais levando encorajamento, esperança, oração e suporte espiritual a pacientes e acompanhantes. E nossos recursos têm sido uma grande ferramenta na ação que esses voluntários desempenham.

Ore conosco e seja bênção aos enfermos! Ajude-nos a financiar mais recursos.

VANDERLEI DA CONCEIÇÃO SANTOS

Vanderlei (Santos) FASPD CPRMG.CPL.CMTG. MJ SANTOS E DIRETOR PRESIDENTE

GUIA DE PROCEDIMENTOS DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL LEI FEDERAL 1
 

Ao definir o licenciamento das atividades efetiva ou potencialmente poluidoras como um dos instrumentos da Política Nacional do Meio Ambiente, a Lei nº 6.938/81, em seu artigo 10, estabeleceu que a construção ou instalação e funcionamento de estabelecimentos e atividades utilizadores de recursos ambientais, considerados efetiva ou potencialmente poluidores, bem como os capazes de, sob qualquer forma, causar degradação ambiental dependerão de prévio licenciamento por órgão estadual competente ou pelo IBAMA, sem prejuízo de outras licenças exigíveis.

Assim, a legislação estabeleceu os regulamentos que configuram o Sistema de Licenciamento e o Controle das Atividades Poluidoras, complementados pelas Normas e Padrões de Qualidade Ambiental. O licenciamento inclui localização, instalação, ampliação e operação de atividades utilizadoras de recursos ambientais que, sob qualquer forma, possam causar degradação ambiental.

O processo de licenciamento ambiental, em qualquer das suas etapas, será inteiramente custeado pelo empreendedor, que deverá ressarcir o órgão licenciador por todos os custos envolvidos no processo (ver capítulo 7 – Cobrança dos Serviços).

Maiores esclarecimentos sobre os aspectos legais relativos ao licenciamento ambiental estão apresentados no capítulo - Marcos Legais e Regulatórios.

Para a obtenção da Licença Ambiental, além do atendimento aos padrões estabelecidos, os impactos ambientais negativos decorrentes da implantação do empreendimento devem ser previstos, corrigidos, mitigados e compensados, assim como introduzidas práticas adequadas de gestão na operação, na perspectiva da contribuição específica do empreendimento à qualidade ambiental e à sua sustentabilidade.

Os empreendimentos preexistentes, instalados anteriormente à instituição do Licenciamento Ambiental, deverão ser regularizados mediante o controle e a correção dos danos causados ao ambiente, visando sua inserção no licenciamento.

conceito e referencia:

https://www.youtube.com/watch?v=bYGZ3_SghoE

vanderlei da conceição santos. FASPD.CPRM.CMTG.CPL GENERAL SANTOS

BACHAREL EM TEOLOGIA E CAPELANIA DELEGA E EM DIREITOS HUMANOS

OBJETIVO

- Aperfeiçoar a prática dos profissionais em Teologia; - Desenvolver métodos e técnicas que possibilitem a realização de diagnósticos, intervenções e avaliações na área; e - Apresentar elementos que permitam o acesso e a produção de conhecimento científico. O curso oferecerá um conjunto de ferramentas de comunicação e de motivação, que permitam criar um espírito de aprendizagem contínua, melhoria de resultados da equipe e estimular o desenvolvimento de aspectos críticos de liderança. De modo geral, a preocupação do curso é com a aplicação e a extensão de conhecimentos às finalidades profissionais, visando aumentar suas competências para as atividades atuais, ou que vislumbrem a abertura de sua própria empresa a curto ou médio prazo.

ÁREA DE CONHECIMENTO
Teologia

PÚBLICO-ALVO
Pessoas com nível de escolaridade superior, interessadas em especializar-se no curso de Especialização em Capelania.

METODOLOGIA

O processo de ensino e aprendizagem é focado no aluno e disponibiliza material didático em diversos formatos para que, independente das preferências do aluno, ele possa aproveitar ao máximo seu curso. O tutor/professor faz a gestão individualizada, acompanhando, avaliando e motivando o aluno durante sua caminhada. O curso é 100% online e todas as avaliações acontecem no Portal do Aluno. Não há exigência de desenvolvimento de Trabalho de Conclusão de Curso – TCC. As interações assíncronas entre tutor/professor e alunos, no material didático disponibilizado e nas atividades avaliativas acontece em todas as disciplinas, que são oferecidas sequencialmente, porém sem pré-requisitos entre elas.

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

DISCIPLINA
HORAS
Capelania Escolar_____________________40h
40h
Capelania Hospitalar___________________40h
40h
Capelania Institucional__________________40h
40h
Capelania Prisional______________________40h
40h
Desenvolvimento Profissional_____________40H
40h
Ecumenismo____________________________40H
40h
Ética Cristã______________________________40h
40h
Hermenêutica____________________________40h
40h
Sociologia e Antropologia da Religião_______40H
40h
Carga Horária Total________________________40h
360h
Trabalho de Conclusão de Curso - TCC (Optativa)*_60h
60h
Carga Horária Total com TCC
420h


 

VANDERLEI DA CONCEIÇÃO SANTOS. ( FGPMB.CPL.CMTE.MJ SANTOS)

Vanderlei (Santos) FGPMB.CPL.CMTE. MJ SANTOS PROFESSOR E CMTEG.CMEJB

AGENTES CAPELÃO PRÉ MILITAR SOCIO EDUCATIV  LEI  FEDERAL.   12.594/2012, Art. 1°, § 1º)

Entende-se por Sinase o conjunto ordenado de princípios, regras e critérios que envolvem a execução de medidas socioeducativas, incluindo-se nele, por adesão, os sistemas estaduais, distrital e municipal, bem como todos os planos, políticas e programas específicos de atendimento a adolescente em conflito com a lei”. (Lei 12.594/2012, Art. 1°, § 1º)

Inicialmente aprovado pelo CONANDA (Conselho Nacional de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente) através da Resolução nº 119 em 11/12/2006 e sancionado através da LEI Nº 12.594, DE 18 DE JANEIRO DE 2012, o SINASE reúne princípios, regras e critérios para a execução de medidas socioeducativas e programas de atendimento aos adolescentes de 12 a 18 anos, e excepcionalmente jovens até 21 anos de idade, a quem se atribui a prática do ato infracional, desde o momento da apuração até a execução das Medidas Socioeducativas, organizadas conforme quadro abaixo.  

 

Vanderlei (Santos) FASPD. CPRMG.CPL.CMTG. MJ SANTOS

DIRETOR PRESIDENTE

– Como age o CAPELÃO JUDICIAL?

Através de indicação, atua levando assistência espiritual às partes envolvidas em processos judiciais e seus familiares próximos, ajudando-as a visualizar as desvantagens de uma briga na justiça e dando a elas uma mensagem de conforto, consolo e esperança - principalmente a parte que está perdendo ou já perdeu a causa -  minimizando assim o desgaste natural do conflito. Eventualmente, com a devida autorização da autoridade judicial local, pode também prestar assistência espiritual aos servidores do judiciário que sofrem um elevado stress diante da constante pressão da sociedade e da mídia.

 

Finalidade e ações da Capelania

Finalidade e ações da Capelania AJH. Ajuda humanitária. Lei nº 13.684

FEDERAÇÃO ASPRODESA DE CAPELANIA,  JUIZADO DE PAZ COCiLIAÇÃO MEDIAÇÃO E JUSTIÇA ARBITRAL DO BRASIL, fundada no dia 04 de Julho do ano 2019, com sede no Município de Santo Antônio da Barra , sito na Rua Sebastianinha Silvana, Quadra 16, Lote 05 – Casa 01 – Setor Central – CEP 75935-000, Município de Santo Antônio da Barra 

 

(01) FINALIDADE

A Capelania Pré Militar Federação ASPRODESA COM SEDE NO ESTADO DE GO/E OUTROS tem o seguinte compromisso:

a) Prestar assistência religiosa e espiritual, bem como colaborar com a Corporação, na formação crítica, moral e ética dos policiais militares, seus servidores civis e respectivos dependentes, respeitando-se em qualquer situação a liberdade de culto preconizada pela Constituição Federal;

b) Participar das atividades educativas, em todas as suas fases, aí incluídas os cursos de preparação e formação Pré militar;

c) E cooperar nas atividades de assistência e serviço social da Corporação quando solicitado ou mediante proposta de trabalho.

(02) AÇÕES DA CAPELANIA PRÉ MILITAR ( a partir desta finalidade)

• Celebrações  Oficias, casamento,Ato Fúnebre,Noivados Formaturas,Pose Eclesiástica, Palestra, Família, Drogas, Saúde, Equilíbrio Financeiro,Meio Ambiente,Proteção empresarial,(Liturgia De Cultos Na Condução Eclesiástica) em todas as Igrejas E unidades Da FASPD.CPRM.

• Momentos de Oração e Espiritualidade nas unidades da FASPD. CPRM.

• Encontros de Casais nas unidades da FASPD. CPRM

• Batizados e Casamentos Comunitários nas unidades da FASPD. CPRM

• Serviço de assistência religiosa nas unidades operacionais e suas igrejas, uma semana por mês

• Serviço de preparação para 1ª Formação Eclesiástica, Missionária, e Monitores Aspirantes. 

• Encontro de Jovens e Adolescentes Com Sócios  Educativos e monitores do ECA

• Semana de Evangelização nas Famílias milicianas a cada mês
FEDERAÇÃO ASPRODESA

FEDERAÇÃO ASPRODESA PRÉ MILITAR

FEDRAÇÃO ASPRODESA DE CAPELANIA PRÉ MILITAR ESPECIALISADA EM JUIZ DE PAZ JUIZ ARBITRAL (CNPJ: 36.992.266/0001-05
Tecnologia
Tec coursify